ISENÇÃO ENEM 2019 – Quem tem direito, inscrições

Todo ano os estudantes ficam ansiosos com o Enem, Exame Nacional do Ensino Médio que acontece uma vez por ano e deixam os estudantes na expectativa de conseguir uma vaga em uma universidade do país.

É normal que muitos alunos tentem a Isenção Enem 2019, mas para conseguir precisam atender alguns critérios determinados pelo Ministério da Educação. Esses e outros assuntos sobre o ENEM você vai conferir se ficar com a gente até o fim do artigo. Veja!

Inscrições Enem

As inscrições do Enem 2019 são realizadas na página oficial do INEP em https://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial. Para realizar a inscrição, o participante vai precisar ter em mãos documentos, além disso, cumprir alguns requisitos. Veja a seguir:

ISENÇÃO ENEM 2019

  • Será necessário apresentar um documento de identidade com foto e CPF;
  • É obrigatório o pagamento da taxa de inscrição, exceto se o estudante for isento;
  • O estudante poderá estar cursando ou já ter concluído o ensino médio;
  • É obrigatório o interessado possuir um endereço residencial válido.

De acordo com as edições anteriores do Enem, normalmente, as inscrições ENEM são realizadas entre abril e maio.

Para quem não foi isento, é possível fazer o pagamento através de qualquer agência bancária ou em agências dos Correios. Após finalizar a sua inscrição é necessário imprimir o boleto do Guia de Recolhimento da União (GRU) no próprio site do Enem.

Isenção Enem 2019

A partir do Enem 2018, a solicitação de isenção passou a ser separada da inscrição. É responsabilidade do participante acompanhar a situação da solicitação. Se sua solicitação de isenção da taxa for aceita não significa que você esta inscrito.Todo mundo precisa fazer a inscrição.

Isenção Enem 2019

Abaixo, você confere que tem direito à isenção:

  • Estar cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;
  • Atingir nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2017;
  • Cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada; e tem renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio (R$ 1.431);
  • Está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que possua Número de Identificação Social (NIS), único e válido; e tem renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 477) ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.862).

É importante saber que se no ano anterior você conseguiu a isenção, mas não pode fazer a prova, é preciso apresentar uma justificativa para poder solicitar uma nova isenção na próxima edição do Exame.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

A justificativa de ausência faz parte da solicitação de isenção da taxa de inscrição. Se sua justificativa for aceita não quer dizer que você está inscrito.

Confira os documentos aceitos como justificativa:

Acidentes de Trânsito: Apresentação de Boletim de Ocorrência Policial legível, com o nome completo, CPF, RG do participante envolvido, com relato do acidente de trânsito que deve ter ocorrido em 5 e/ou 12 de novembro de 2017, antes das 13h (horário de Brasília/DF).


Assalto/Furto: Apresentação de Boletim de Ocorrência Policial legível, com o nome completo, CPF, RG do participante envolvido, com relato do assalto/furto.


Casamento: Apresentação de Certidão de Casamento legível, ocorrido em até 5 (cinco) dias de antecedência de 5 e/ou 12 de novembro de 2017, com o nome completo do participante.


Morte na família: Apresentação de certidão de óbito ocorrido em até 8 (oito) dias de antecedência da data do Exame, em 5 e/ou 12 de novembro de 2017, do cônjuge ou companheiro, pai, mãe ou responsável legal, filho ou enteado, com documentação que comprove o parentesco.


Acompanhamento de cônjuge: Apresentação de documento expedido por autoridade constituída que comprove o acompanhamento do cônjuge ou companheiro que foi deslocado para outra cidade.


Saúde: Apresentação de atestado médico legível, com o nome completo do participante, especificando necessidade de repouso que contemple os dias de realização do Enem. O documento deve conter o número do CRM (Conselho Regional de Medicina) ou do RMS (Registro do Ministério da Saúde) e assinatura do médico. Também serão aceitos, atestados de acompanhamento de familiar: do cônjuge ou companheiro, pai, mãe ou responsável legal, filho ou enteado.


Maternidade: Apresentação de Certidão de Nascimento ou de adoção legível que contemple os dias de realização do Enem, que conste o nome completo do participante.


Paternidade: Apresentação de Certidão de Nascimento ou de adoção legível que contemple os dias de realização do Enem, que conste o nome completo do participante.


Trabalho: Apresentação de declaração de exercício de atividade profissional que contemple os dias de realização do Enem, com número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e identificação do empregador responsável pela declaração.


Caso ainda haja algum tipo de dúvida relacionada à Isenção ENEM 2019, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos estar ajudando. Boa Sorte!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4
Total de Votos: 2

ISENÇÃO ENEM 2019 – Quem tem direito, inscrições

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *