Inscrição Enem 2020 – Onde Fazer, Como Fazer, Quanto Custa

O ano de 2020 começou e milhões de estudantes ao redor do país se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Muitos, porém, ainda não sabem como funciona a prova nem que passos iniciais devem tomar nessa nova fase de suas vidas.

Foi pensando nesses estudantes que preparamos esse guia com as principais informações a respeito do processo de inscrição no ENEM 2020. Confira!

O que é o ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) consiste numa prova, dividida em duas etapas, que funciona, além de forma de se medir a qualidade do ensino médio, como vestibular, permitindo que os candidatos disputem vagas em universidades públicas (pelo SISU) ou privadas (pelo PROUNI) com a nota que obtiveram no Exame.

O órgão responsável por todo o processo, desde a elaboração da prova até a divulgação do resultado, é o INEP, sigla de Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

Como funciona a Prova? 

Questões ENEM 2020Como mencionado, a prova é dividida em duas etapas, realizadas em dois dias diferentes: no primeiro dia, os estudantes precisam responder 90 questões das áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da redação, parte importantíssima do Exame.

Já no segundo dia, os estudantes realizam a parte da prova destinada às questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas tecnologias.

A nota final é obtida pela média de acertos das 180 questões mais a nota da redação. Com essa nota, os estudantes podem se inscrever nos programas SISU (Sistema de Seleção Unificada), para concorrer a vagas em instituições públicas, e PROUNI (Programa Universidade para Todos), para tentar conseguir uma das muitas bolsas de estudo (de 50% e 100%) ofertadas pelas universidades privadas.

[Enem 2020: página do participante! Consulte aqui.]

Como fazer a inscrição do ENEM 2020 – Passo a Passo 

A inscrição do ENEM, desde a edição passada, é agora realizada por meio de um bate-papo com um Bot (um robô). Para realizar a inscrição, basta acessar o site do INEP dedicado à inscrição e acompanhamento dela, clicando aqui, ou digitando o seguinte endereço no seu navegador: https://enem.inep.gov.br/participante/#!/.

Ah, também é possível realizar a inscrição pelo celular, viu?!

Inscrição ENEM 2020 pelo Celular

Confira uma imagem do bate-papo em questão abaixo:

  1. Quando acessar, você precisará responder ao desafio acima. Fique tranquilo, ele não tem nada de difícil (e nem faz parte da prova), ele serve apenas para provar que você é humano e não um programa realizando inscrições. No desafio, o robô irá pedir para que você aperte numa imagem em questão. Na foto abaixo, ela pediu para que se clique na imagem de uma “impressora”, ou seja, no quarto ícone;
    Inscrição ENEM 2020
  2. Feito isso, ela irá pedir algumas informações pessoais para você. Basta digitá-las no local destino à digitação. Fique tranquilo pois o site é seguro e suas informações não ficarão públicas;
    Inscrição ENEM 2020
  3. Esse sistema de inscrição é bastante intuitivo e dinâmico. Basta ir respondendo às questões feitas pelo robô que, em poucos minutos, sua inscrição estará realizada;
    Confirmar inscrição ENEM 2020
  4. Ao final, com a inscrição já feita, um boleto será gerado. Você deverá pagá-lo dentro do prazo de vencimento para confirmar sua inscrição, a menos que tenha solicitado isenção do pagamento (veremos os critérios para isenção mais adiante).

Para consultar demais informações sobre a sua inscrição, basta acessar esse mesmo site e indicar o CPF e a senha cadastrada.

>> Veja aqui como saber o local de prova do ENEM 2020 <<

Quem pode fazer a inscrição?

PAGINA DO PARTICIPANTE ENEM 2019Basicamente, todos podem realizara prova do ENEM. Os estudantes que concluirão o ensino médio esse ano já poderão usara nota do ENEM para concorrer às vagas e às bolsas nas universidades públicas e privadas.

Pessoas que já concluíram anteriormente, independente da idade, também poderão realizar o exame e concorrer da mesma maneira.

Pessoas com ensino superior também podem prestar o exame; porém, caso já tenham concluído um curso superior em instituição privada, fazendo uso do PROUNI, não poderão concorrer a novas bolsas. Já aqueles que entraram em universidades públicas pelo SISU, poderão concorrer a novas vagas pelo mesmo programa.

[Veja aqui mais informações sobre o resultado do Enem 2020!]

Pessoas com problemas de saúde, deficiência física ou gestantes poderão solicitar atendimento especial no momento da inscrição. Deficientes visuais poderão optar por prova em braile ou com letras ampliadas, surdos poderão solicitar intérpretes, leitura labial, etc. Basta solicitar o atendimento especial no ato da inscrição.

Estudantes que ainda não completaram o ensino médio nem concluirão no ano da realização do exame poderão fazê-lo apenas como treineiros, ou seja, para testar o desempenho e já se familiarizar com a prova. Quem optar por essa modalidade não poderá fazer uso da nota do exame para entrar em cursos superiores.

Além disso, o ENEM não mais funciona como método de conclusão do Ensino Médio, tendo sido substituído pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCEJA), realizada em meados de agosto.

Quanto custa a Inscrição

O valor da taxa de inscrição muda de ano em ano. Em 2018, a taxa era de R$82. Já em 2019, passou para R$85. O valor para o ano de 2020 ainda não foi divulgado, mas espera-se que fique próximo do valor dos anos anteriores, na faixa de R$85 reais. Portanto, é bom já ir economizando!

Como pedir a isenção de taxa de inscrição?

O pedido de isenção deverá ser realizado no site enem.inep.gov.br/participante. Inscrições realizadas fora do sistema oficial do INEP não serão consideradas. Além disso, caso o candidato tenha solicitado a isenção e não compareceu às aplicações das provas, deverá justificar a ausência antes de solicitar nova isenção em ano posterior.

Poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, segundo o edital oficial do ENEM, o candidato que:

  • Esteja cursando a última série do ensino médio no ano da prova, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública;
  • Tenha cursado todo o ensino médio em escola de rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo;
  • Declare estar em situação de vulnerabilidade econômica, por ser de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), devendo informar o Número de Identificação Social (NIS)

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Inscrição Enem 2020 – Onde Fazer, Como Fazer, Quanto Custa

Deixe um comentário